Prêmio Propesq – Mulheres na Ciência tem 72 pesquisadoras inscritas

16/06/2021 09:17

O Prêmio Propesq – Mulheres na Ciência, que busca inspirar a comunidade científica interna e externa nas diferentes áreas do conhecimento e contribuir para diminuir a assimetria de gênero na ciência, teve 72 inscrições homologadas.

A Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebeu inscrições entre o dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, e 8 de junho.

A honraria será outorgada a mulheres pesquisadoras pertencentes ao quadro permanente da UFSC cujo trabalho de pesquisa tenha contribuído de forma significativa para o avanço científico. O prêmio é dividido em três categorias – júnior, plena e sênior – e em três grandes áreas do conhecimento – Humanidades, Vida, Exatas e da Terra.

As inscrições homologadas estão assim divididas: 

Júnior= 24 

Exatas e da Terra= 12, Humanas= 5, Vida= 7

Plena= 34

Exatas e da Terra= 13, Humanas= 13, Vida= 8

Sênior=14

Exatas e da Terra= 5, Humanas= 5, Vida= 4

A próxima etapa será a nomeação de uma Comissão Avaliadora sem conflito de interesses, externa à UFSC (formada por PQ-CNPq), até o final de junho. A Propesq presidirá os trabalhos através de um representante, também sem conflito de interesses (sem histórico de parcerias/publicações conjuntas).

As avaliações estão previstas para acontecer durante o mês de julho.

 

Fonte: Notícias UFSC

Tags: Mulheres na Ciência 2021

Curso ‘Ciência, Gênero e Diversidades’ prorroga inscrições

24/03/2021 09:37

Os interessados em participar do curso Ciência, Gênero e Diversidades têm até quinta-feira, 25 de março, para se inscrever – mesma data em que começam as atividades. As inscrições são feitas a partir do preenchimento do formulário, escolhendo a turma que mais se adequa aos seus horários. Solicita-se que o formulário seja preenchido também pelas pessoas que já se inscreveram mas não tenham recebido o e-mail de confirmação.

Realizado pelo Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (Piape), em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) e o Instituto de Estudos de Gênero (IEG), o curso tem o objetivo de fomentar discussões sobre o contexto histórico-cultural que norteia a trajetória científica das mulheres, explorando causas sociológicas e culturais que refletem a assimetria de gênero na ciência em suas múltiplas interseccionalidades (de raça, classe, orientação sexual, deficiência, geração) no Brasil e no mundo.

As turmas terão, no máximo, 45 pessoas e têm como público-alvo prioritário estudantes da graduação da UFSC. Será reservado um espaço de 10% para alunos da pós-graduação e de outras instituições. Os encontros durarão seis semanas, com finalização prevista para o dia 6 de maio, e podem ser validados como atividade complementar mediante participação em pelo menos 75% das aulas.

Mais informações no programa do curso.

Fonte: Notícias UFSC

Tags: Mulheres na Ciência 2021

Inscrições abertas para curso sobre Ciência, Gênero e Diversidades

15/03/2021 13:48

Realizado pelo Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (Piape), em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq) e o Instituto de Estudos de Gênero (IEG), o curso Ciência, Gênero e Diversidades tem o objetivo de fomentar discussões sobre o contexto histórico-cultural que norteia a trajetória científica das mulheres, explorando causas sociológicas e culturais que refletem a assimetria de gênero na ciência em suas  múltiplas interseccionalidades (de raça, classe, orientação sexual, deficiência, geração) no Brasil e no mundo. Os encontros terão início no dia 22 de março e serão realizados de maneira remota, com duração de aproximadamente 1h30 cada.

As turmas terão, no máximo, 45 pessoas e têm como público-alvo prioritário estudantes da graduação da UFSC. Será reservado um espaço de 10% para alunos da pós-graduação e de outras instituições. Os encontros durarão seis semanas, com finalização prevista para o dia 6 de maio, e pode ser validado como atividade complementar mediante participação em pelo menos 75% das atividades.

Para participar, é preciso preencher, até quinta-feira, 18 de março, o formulário de inscrição e, em seguida, o formulário de montagem de turmas. Para mais informações, confira o programa do curso.

Leia também: UFSC terá curso de seis semanas sobre ciência, gênero e diversidades

Fonte: Notícias UFSC

Tags: Mulheres na Ciência 2021

Prêmio Propesq – Mulheres na Ciência abre inscrições na segunda-feira, dia 8 de março

08/03/2021 11:47

O Dia Internacional da Mulher, 8 de março, marca o início do período de inscrições da premiação da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), voltada à visibilidade das mulheres cientistas da instituição. O Prêmio Propesq – Mulheres na Ciência se destina a inspirar a comunidade científica interna e externa nas diferentes áreas do conhecimento e contribuir para diminuir a assimetria de gênero na ciência.

Clique AQUI para conferir o edital

 

As inscrições serão realizadas através do portal de atendimento institucional (PAI) disponível no endereço premiospropesq.ufsc.br, entre os dias 8 de março e 8 de junho. Poderão propor indicações para o prêmio: a própria interessada em concorrer; departamentos ou programas de pós-graduação da UFSC; e ex-orientados ou orientandos da pesquisadora.

A honraria será outorgado a mulheres pesquisadoras pertencente ao quadro permanente da UFSC cujo trabalho de pesquisa tenha contribuído de forma significativa para o avanço científico. A condecoração será concedida em três categorias: Júnior, Plena e Sênior:
Categoria Júnior: concedida para pesquisadoras ingressaram no quadro permanente da UFSC após 31/12/2013.
Categoria Plena: concedida para pesquisadoras ingressaram no quadro permanente da UFSC entre 31/12/2000 e 31/12/2013.
Categoria Sênior: concedida para mulheres que ingressaram no quadro permanente da UFSC antes de 31/12/2000.

De acordo com o edital, o prêmio terá periodicidade anual e será outorgado para apenas uma pesquisadora em cada categoria, em cada uma das três grandes áreas do conhecimento: Humanidades, Vida, Exatas e da Terra. A premiação consiste de um diploma e de um vídeo realizado pela Agência de Comunicação da Universidade (Agecom/UFSC) para divulgação científica, a ser veiculado em canais de comunicação, compondo a Galeria de Destaques na Ciência da Propesq.

> Confira o cronograma:

ATIVIDADE DATA
Período de inscrições
(Portal de Atendimento Institucional)
De 08/03/2021 a 08/06/2021
Seleção pela Comissão Julgadora Julho de 2021 (a confirmar)
Divulgação das selecionadas Julho de 2021 (a confirmar)
Gravação do vídeo (produção presencial) A partir de agosto de 2021 (a depender do status da pandemia, podendo ser adiada)
Cerimônia de entrega do prêmio 11 de fevereiro de 2022
Tags: Mulheres na Ciência 2021

Edital nº 001/2021 Prograd/UFSC: Tutores(as) de Apoio Pedagógico na Área de Gênero, Diversidade e Ciência

18/02/2021 10:52

Estão abertas as inscrições para o Edital nº 001 de 2021 Prograd/UFSC que busca contratar Tutores(as) de Apoio Pedagógico na Área de Gênero, Diversidade e Ciência para o Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (PIAPE), em parceria com a Pró-reitoria de Pesquisa (Propesq) e o Instituto de Estudos de Gênero (IEG) com a atribuição de atuar remotamente, a partir de março de 2021, em cursos oferecidos pelo PIAPE.

Podem se candidatar estudantes de pós-graduação e servidores(as) técnico-administrativos(as) da UFSC. As inscrições permanecem abertas de 18/02 até 28/02.

O edital encontra-se disponível na página http://piape.prograd.ufsc.br/2021/02/08/editais-abertos/

Tags: Mulheres na Ciência 2021

UFSC terá curso de seis semanas sobre ciência, gênero e diversidades

12/02/2021 09:40

O Programa Institucional de Apoio Pedagógico aos Estudantes (PIAPE), em parceria com a Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ) e o Instituto de Estudos de Gênero (IEG) abriu o curso Ciência, Gênero e Diversidades para estudantes de graduação da UFSC. As atividades começam em março, com encontros remotos semanais ao longo de seis semanas. O curso poderá ser validado como atividade complementar pelos participantes, mediante participação em, no mínimo, 75% das atividades. As inscrições devem ser feitas aqui.

A ideia é fomentar discussões e reflexões sobre a trajetória feminina na ciência, explorando causas sociológicas e culturais que refletem a assimetria de gênero na ciência no Brasil e no mundo. Busca-se, com isso, possibilitar que estudantes conheçam o contexto histórico-cultural que norteia a trajetória cientifica das mulheres para contribuir com o fortalecimento do trabalho científico feminino.

Serão seis módulos didáticos, que contemplam diferentes discussões. Um dos módulos irá discutir especificamente a questão das mulheres nas ciências, buscando refletir sobre as dificuldades histórico-culturais para a liderança das mulheres na ciência e também nos espaços de poder executivo, legislativo e judiciário.

Equidade

O curso de seis semanas foi lançado no Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, comemorado em 11 de fevereiro, com uma celebração institucional. Trata-se de uma das ações que pretendem gerar impactos na comunidade universitária na busca pela equidade de gênero: a outra é a instituição de um prêmio para mulheres cientistas da UFSC e a formalização de uma Comissão para a Equidade.

A professora Maique Weber Biavatti, superintendente de projetos da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), explica que são iniciativas necessárias para simbolizar uma mudança. A Comissão para a Equidade na UFSC, formalizada em portaria da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades (Saad), terá mulheres de diferentes setores, cargos e campi. O grupo se reunirá ao longo dos próximos meses para pensar em uma política institucional e em metas a serem traçadas rumo à uma equidade “mais efetiva” na instituição. A comissão será presidida pela professora Miriam Grossi, do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS/UFSC).

Fonte: Notícias UFSC

Tags: Mulheres na Ciência 2021

UFSC lança ações para equidade e debate assimetrias de gênero na ciência

12/02/2021 08:10

O dia internacional das mulheres e meninas nas ciências foi marcado, na Universidade Federal de Santa Catarina, pela divulgação de três ações institucionais que buscam refletir sobre as distorções de gênero nas ciências e na instituição. Um curso de seis semanas para estudantes de graduação, uma comissão para a equidade e uma premiação para pesquisadoras mulheres foram apresentadas no evento transmitido ao vivo pela TV UFSC.

O evento também contou com um momento de diálogo entre pesquisadores e pesquisadoras. As professoras Maique Weber Biavatti, da Pró-reitoria de Pesquisa; Alacoque Lorenzini Erdmann, pesquisadora em produtividade 1ª/Senior/CNPq; Debora Menezes, do canal Mulheres na Ciência, Olga Regina Zigalli Garcia e Miriam Grossi, do Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades, representaram a UFSC. O presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, e a Gerente de Ciência e Pesquisa, Deborah Bernett, representaram a instituição. Bárbara Segal Ramos e Mário Steindel falaram em nome da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). O cerimonial foi conduzido pela professora Francis Solange Vieira Tourinho, da Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades da UFSC.

(mais…)

Tags: Mulheres na Ciência 2021

Exemplos positivos inspiram meninas a buscarem a carreira científica

11/02/2021 10:51

 

Marília Reginato Barros faz doutorado em Química, após começar a carreira na iniciação científica e receber prêmio pelo seu trabalho (Foto: João Paulo Winiarski)

“Os sistemas educacionais e as escolas desempenham um papel central em determinar o interesse das meninas em disciplinas de STEM (sigla para Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática), bem como em oferecer oportunidades iguais para acessarem e se beneficiarem de uma educação em STEM de qualidade”.

O trecho em destaque em relatório da Unesco traduz, na prática, a importância do efeito borboleta para a carreira das meninas e mulheres nas ciências. Quando a escola bate as asas na construção das oportunidades, forma cientistas capazes de intervir na realidade. Quando a universidade faz o mesmo, o efeito tende a ser a inclusão e a diversidade nos diferentes espaços profissionais.

Na UFSC, há, atualmente, 870 alunas com bolsas de iniciação científica, o que representa 55,05% do total. As mais jovens nasceram no ano de 2002 e ainda não completaram 20 anos de idade. Pode parecer um ingresso precoce, mas representa, na verdade, uma quebra de paradigma – segundo o mesmo documento divulgado pela entidade internacional,  o gap entre mulheres e homens na carreira é ocasionado por “normas sociais, culturais e de gênero, que influenciam a forma como meninas e meninos são criados, como aprendem e como interagem com seus pais, com sua família, amigos, docentes e com a comunidade como um todo”. 

(mais…)

Tags: Mulheres na Ciência 2021

Com menos destaque nos altos postos da ciência, meninas e mulheres buscam reverter estatísticas

11/02/2021 10:28

Efeito tesoura é o termo utilizado para ilustrar como as mulheres vão perdendo espaço nas estatísticas relacionadas às ciências, com o passar dos anos. É como se elas fossem, pouco a pouco, expulsas da carreira, sem conseguir chegar ao topo. Também chamada de “teto de vidro”, a metáfora ilustra que, por mais que vejam e queiram chegar às posições mais altas, meninas e mulheres enfrentam barreiras inevitáveis pelo caminho.

Professora Miriam Pillar Grossi

Uma das questões mais ilustrativas desse assunto diz respeito à maternidade e também ao casamento. A professora Miriam Grossi, antropóloga e pesquisadora do Centro de Filosofia e Ciências Humanas, diz que a maternidade precisa ser reconhecida como um fator de influência na carreira. “E isso é parte da vida social, por isso precisamos criar condições para o bem estar das pesquisadoras mães, dar condições de apoio”.

Neste aspecto, até gestos mais sutis, como o agendamento de reuniões, pode ter influência na rotina institucional das mulheres, quando este horário concorre com o tempo de buscar os filhos na escola ou da execução de alguma tarefa doméstica. “O casamento também tem essa influência e é uma questão que afeta boa parte das mulheres. É o tempo para o cuidado da casa, supermercado, comprar, limpar – há uma diferença radical do volume de horas que uma mulher gasta e que um homem gasta nesta rotina”, exemplifica.

(mais…)

Tags: Mulheres na Ciência 2021
  • Página 1 de 2
  • 1
  • 2